sábado, agosto 19

Take me



“Um homem é aquilo em que pensa o dia inteiro” de Ralph Emerson

Quero sempre um pouco mais de ti antes de ir
quero levar-te o mais que puder, arrancar-te de ti própria
tu és a palavra que mais escrevo, por todo o lado
o mundo sabe quem tu és
sabe em quem és

sexta-feira, agosto 18

Higher LOVE



Estava aqui a recordar uma coisa… e se, de repente, alguém nos dissesse que está noutra dimensão, isto é o quê?
Aos que isto passa despercebido, peço que me perdoem este sorriso que não vêem.
Bom, quem foi que disse que esperar significa projectar a vida num futuro incerto, em tom de consolação, enquanto não chegam melhores dias? Quem pensa assim?
Será que esperar não significa antes colher o invisível daquilo que se acha que está bem à vista, ou, agarrar o inaudível daquilo que se acha garantido… hum, não?
Será que esperar não é realmente descobrir uma outra dimensão, dentro, em baixo ou por cima desta que temos como concreta e única. Porque não?

A esperança não é um caminho para qualquer coisa. Tudo é um caminho para ela.

quinta-feira, agosto 17

Amnesia



Comum, afinal, o que é ser comum?
Após a era das palavras de afecto, das palavras de raiva, das palavras… as afinidades deixam de falar, tornando-se impossível resultar numa frase, uma frase que possa dizer qualquer coisa.

Comum, é o verbo inerte que sobra ser comum

quarta-feira, agosto 16

The Road To Memories



Eu queria que durasses para sempre
mas sei que nenhum de nós dura
cada dia que te olho, faço-o para te lembrar
eu quero ter memória de ti que me chegue
preciso ter…
preciso prolongar-te

Preciso desse sopro, com que a tua ausência vive
através de mim