domingo, abril 5

A supremacia de um delírio


"Dois homens não vêem uma mesa da mesma maneira; mas ambos entendem a palavra «mesa» da mesma maneira" - já dizia Pessoa e muito bem. Reflicto assim sobre os sentidos e a divergência entre intenções e anseios.
Pleno e integro é o vitral enrugado que separa a imagem recriada pela intenção, da própria intenção. Desta brota a violenta e absoluta flor do tesão, de estame dura e invencível.
Invicta é a beleza deste instante, que parece sempre mais do que aquilo que realmente é.
De forma consonante, Matias Aires disse que o entendimento é como uma estampa, que se deixa figurar, e que facilmente recebe a figura que se lhe imprime.
Tudo é um conceito meu. Principalmente tu.

Sem comentários: