terça-feira, novembro 1

Esquecimento?



Emmanuel Kant diria “lembra-te de esquecer”. Talvez quisesse dizer que é preciso esquecer, de forma a distender a brancura da página para o que está por escrever. Talvez.
Mas para mim, esquecer não é de todo uma necessidade. Pouco ou nada me interessa se o destino, para escrever um novo capítulo, precisa de apagar o capítulo escrito.
Não existem novos capítulos, todos são o mesmo.

Fotografia da minha autoria 01/11/2016

Sem comentários: